sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Crack


Depois do drama de admitir ser usuário de crack (droga feita a partir da mistura de cocaína com bicarbonato de sódio) e ser suspenso por dois anos pelo STJD, após ser flagrado em dois exames antidoping no Campeonato Brasileiro do ano passado,Jobson teve,nesta sexta-feira, uma alegria; Com 3,5 Kg, nasceu Vitor Leandro,filho do jogador...Mas a boa notícia veio acompanhada de uma ruim. A procuradoria do STJD resolveu recorrer à sentença, e a pena pode aumentar para quatro anos de suspensão.
-Uma pena de dois anos é um absurdo! Tratamos de um doping social, que gera um sério problema de saúde... O futebol tem de se preocupar com isso e com a recuperação do jogador! É preciso refletir muito sobre o assunto,nimguem fica bom de bola só por que usou droga!
-Jóbson é um jovem de talento que precisa de ajuda!