quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Futebol de Coite

A Cronica de Genivaldo Silva

Agora a constatação: nosso futebol ta mesmo em extinção, e olha que este é o período que podemos dizer que existe um grande numero de dirigentes querendo salvar o que pode ser salvo do nosso futebol interno, amador de coité.
Não se ver mais o publico feminino.
Não se ver mais torcidas organizadas.
Não se ver mais equipes com atletas que formem a base de seu elenco...

Não posso mudar de opinião: e por isso vou silenciar a respeito deste assunto LIGA, mas penso assim e não mudo (só se fosse mudo) se temos um prefeito que já foi presidente de associação, se temos um presidente no país que é do movimento sindicalista, porque não serve uma liga formada por quem trabalha na constituição de equipe nas competições? Que ralam no dia do esporte? Amanhã talves eu cruze os braços e deixe de alertar sobre pequenos detalhes que não são considerados importantes. Amanha talvez eu não me importe mais com o que poderia fazer pelo futebol e deixe de opinar nesse sentido. É por isso que estou frisando só mais uma vez...


E aí O futuro do futebol interno de C. do Coité continuará sendo decidido por dirigentes lagartixas? Estou fazendo uma pergunta, logo saberemos o resultado. A previsão é que seja aprovado, pelos nossos dirigentes que acham melhor ter uma boa seleção no intermunicipal, do que ter uma competição digna pra os distritos de São João, Aroeira, povoado de Almas, Terra Nova, Caruaru, Lagoa do Meio, Laginha e Patos.
Até aqui disse nas crônicas verdades que a maioria desses dirigentes gostaria de dizer ao sistema. Mas amanhã talvez vocês não tenham mais alguém que os defendam...