domingo, 13 de maio de 2012

O Campeão voltou!!!



 o "campeão voltou" em ritmo de muito axé!

Com o empate por 3 a 3 neste domingo, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, o Bahia, além de ter encerrado o jejum de 10 anos sem conquistar o título Estadual, aumentou a hegemonia no futebol baiano. Agora são 44 títulos, contra 26 do arquirrival Vitória.


Falcão afasta rótulo de "Rei da Bahia" e passa honra aos atletas


Falcão foi carregado pelos jogadores após título Estadual. Foto: Romildo de Jesus/Agência Lance Falcão foi carregado pelos jogadores após título Estadual

Idolatrado pelos italianos e conhecido como o "Rei de Roma" na Europa, Paulo Roberto Falcão não aceitou receber o mesmo rótulo dos torcedores do Bahia após tirar o clube de um incômodo jejum de 11 anos sem o título do Campeonato Baiano. Emocionado com os gritos vindos das arquibancadas, o treinador agradeceu por todo apoio que recebeu em Salvador, mas ressaltou que os jogadores do time tricolor são os merecedores de tamanha majestade.
 -"Não seria justo. Reis da Bahia são os meus jogadores, é a torcida do Bahia. Eles acreditaram, nunca arredaram o pé, estiveram sempre ao nosso lado. A gente sempre entra para ser campeão e, acima de tudo, para jogar para a torcida. Jogamos e vencemos para eles", declarou o entusiasmado comandante do Bahia.

       Calila Noticias

http://www.calilanoticias.com/2012/05/torcida-do-bahia-invade-as-ruas-para-comemorar-o-titulo-de-campeao-2012.html

Coité: torcida do Bahia invade as ruas para comemorar o titulo de campeão 2012 – Veja o álbum de fotos

A nação tricolor repetiu a grande festa realizada quando conquistou o retorno a série A do Brasileiro em 2010.


Centenas de torcedores do Bahia da cidade de Conceição do Coité foram as ruas do centro da cidade logo após o apito final do árbitro da partida, do jogo dramático do clássico  BA VI que terminou empatado em 3 x 3 resultado que deu ao Bahia o titulo de campeão 2012 depois de onze anos de jejum.

A torcida considerada uma das maiores do Brasil, talvez a mais apaixonada, que ao longo dos oitenta anos de fundação do Bahia nunca passou tanto tempo para gritar é campeão, foi as ruas e a quantidade de veículos muitos deles tocando o hino do clube chegou a engarrafar o trânsito, diante do grande numero de carros e motos, que lembrava as comemorações dos jogos do Brasil em copa do mundo.

Valdemir ao lado de Luiz Fernando (sobrinho) que nasceu no ano da última conquista tricolor
Valdemir Souza Lima, torcedor tricolor não conteve as emoções, “ seria muito injusto depois de uma campanha tão boa, o melhor ataque do Brasil ao lado do Santos, com uma quantidade de pontos muito superior  ao Vitória, no último jogo perder o clássico”, comentou “Neguinho” como é conhecido.
Depois da carreata, os tricolores deixaram os veículos e saíram atrás de uma bandinha de sopro que levou a animação a galera tricolor.
Veja o álbum de fotos da festa tricolor


Por: Raimundo Mascarenhas